terça-feira, 14 de junho de 2011

Clamando o Nome de Deus por Śrīla Bhaktisiddhānta Sarasvatī Ṭhākura Prabhupāda

Clamando o Nome de Deus por Śrīla Bhaktisiddhānta Sarasvatī Ṭhākura Prabhupāda


... Dedicado à
nitya-lila praviṣṭa Om Visnupada
Sri Srimad Bhakti Prajnana Kesava Maharaja

Inspirado e sob a orientação do
nitya-lila praviṣṭa Om Visnupada
Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja
Clamando o Nome de Deus
por Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada
(Foto de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada)
Pergunta 1: Quem pode me proteger da mentalidade mundana (Jada-abhiniveśa)?
Resposta: Somente Srila Gurudeva, que é o associado pessoal de Sri Gauranga, pode proteger-me das garras da existência material, que é como a morte. No entanto, terei de considerar cuidadosamente quem é guru (pesado, ou profundamente significante) e quem é laghu (leve, ou insignificante). Aquele que se ocupa em servir constantemente a entidade toda completa (Purna vastu ), o único objeto de adoração de todos os gurus, é por si só, um verdadeiro guru. Não estou falando dos gurus mundanos, ou mestres, que ensinam exercícios físicos ou sitara . Eles não podem nos salvar das garras da morte.
Há um verso no Srimad-Bhagavatam, que explica que se alguém não pode me proteger das garras da morte por me dar a vida eterna, ou me impedir de estar absorvido neste mundo material devido à minha ignorância, que é o mesmo que estar morto, então essa pessoa não está apta para ser meu guru, um semideus ou meu pai, mãe ou qualquer outro parente.

É apenas a nossa ignorância que nos faz cair vitima da morte, e é apenas o conhecimento transcendental que impede o mesmo. O conhecimento que adquirimos neste mundo material torna-se inútil se acontecer de eu ficar louco, ou se vir a sofrer de paralisia ou morrer. Se não investigar a verdadeira realidade, então nós nos tornamos inertes como a matéria inanimada. Aqueles que não podem nos livrar da morte só pode facilitar alguma alegria efêmera, durando, mas alguns dias. Aqueles que chamam nossa atenção por estimular nossos sentidos – a nossa língua, as nossas mãos, as pernas ou os órgãos genitais – são trapaceiros. Mas, depois que conhecemos Sri Guru que pode nos proteger contra sermos assim enganados, é imperativo servi-lo no início de cada ano, cada mês, a cada dia e a cada momento.

Pergunta 2: Como devemos clamar por Bhagavan?
Resposta: Nas palavras do Sri Gaurasundara, se você quiser clamar pelo Senhor Supremo, Sri Bhagavan, você deve se tornar mais humilde do que uma folha de grama. A menos que a pessoa percebe o quão insignificante ela é, ela não pode clamar por alguém para ajudá-la. Quando oramos por ajuda, é porque nos sentimos impotentes e incapazes de realizar qualquer tarefa por nós mesmos. Nesse estado, não vemos outros meios que não procurar a ajuda de outros.
Se uma determinada tarefa só pode ser realizada por cinco pessoas, então não pode ser realizado sozinho. Nós ouvimos de Srila Gurudeva que Sri Gaurasundara nos instruiu a clamar por Bhagavan. Em outras palavras, devemos orar pedindo ajuda Dele.
No entanto, quando eu clamar por Bhagavan, se o meu plano é fazer com que Ele seja meu servo, ou se eu buscar Sua ajuda apenas para realizar alguma tarefa pessoal, então onde está a humildade no meu sentimento? Onde está o meu sentimento de ser mais insignificante do que uma folha de grama? Humildade externa, também, não é api sunicena, Súnica bhava (o humor do ser mais insignificante do que uma folha de grama), é simplesmente duplicidade. Se eu clamo pelo o Senhor Supremo, como se eu estivesse chamando um subordinado para me servir, então o meu apelo não vai alcançá-Lo. Isto é assim porque Ele é supremamente independente. Ele é aquele ser que compreende a totalidade da consciência (Purna cetana vastu ). Ele não é controlado por ninguém. A menos que alguém estabeleça a sua auto-concepção mum estado de espírito de humildade altruísta, o seu pedido não chegará ao Supremo Independente Senhor .
Há outro ponto importante: se não possuímos a virtude da paciência quando clamamos, mesmo que o façamos com a maior humildade, se sentindo mais insignificante do que uma folha de grama, também, não será considerada um clamor verdadeiro. Se nos tornamos cobiçosos e impacientes, nosso humor será o oposto de api sunicena Súnica Bhava.
No entanto, se tornar plenamente confiantes de que clamando por Bhagavan – que é a entidade suprema – não sofreremos falta de nada, então não sofreremos nem falta de paciência. Mas se nós nos tornamos cobiósos e impacientes, e mostramos a nossa inquietação, enquanto elaboramos os pensamentos de realizar nossa tarefa baseado em nossa própria força e capacidade, então a nosso clamor a Bhagavan não sera genuíno.
Costumamos pensar que nós estamos fazendo um favor Bhagavān oferecendo-Lhe as nossas orações, supomos, que temos outras atividades mais importantes, em vez de clamar por ele. Esta mentalidade também expõe nossa impaciência. A fim de nos proteger de tais disposições mentais e impedir-nos de ser desprovidos de api sunicena, Súnica bhava, nós precisamos de um protetor. É essencial um abrigo adequado para nos proteger de tal más inclinações. Portanto, Srila Thakura dasa Narottama disse,

āśraya laiyā bhaje tāre kṛṣṇa nāhi tyaje
āra saba mare akāraṇa
Aquele que se refugia nos devotos queridos de Krishna nunca é abandonada por ele. Todos os outros perecem sem nenhum motivo.
Pergunta 3: É particularmente essencial prestar serviço a Sri Guru?
Resposta: O nosso principal objetivo é prestar serviço a Srila Gurudeva. Neste mundo, precisamos de um mestre, mesmo que simplesmente deseja nos ocupar em karma, adquirir conhecimentos, ou cumprir qualquer outro desejo. Mas a educação transmitida por todos os tais professores, gera apenas resultados insignificantes. O Guru transcendental não confere resultados tão insignificantes.Sri Guru nos concede o bem-estar verdadeiro.

No momento em que estivermos privados do misericórdia de Sri Gurudeva, que é āśraya-jātīya bhagavān, é o momento em que nossas mentes começam a encher-se com vários tipos de desejos diferentes. Se os Vaisnavas que tem guru-nistha não nos ensinarem como tomar refúgio dos pés de lótus de Śrīla Gurudeva e como se comportar em relação a ele, então podemos muito bem perder a jóia mais preciosa, mesmo depois de ter finalmente conquistado ela.
Pergunta 4: Com quem devemos nos associar ?
Resposta: Não é apropriado associar-se com qualquer um além dos devotos de Sri Krishna. Apenas os devotos de Sri Krishna são auspiciosos, admiráveis e eternos. a ma associação – isto é, a associação de qualquer coisa não relacionada a Sri Krsna – é realmente prejudicial para nós. Portanto, não se deve mostrar respeito ou apreciação a qualquer coisa não relacionada a Sri Krishna, ou Krishna-bhakti.
Estou espantado ao ver que mesmo depois de ouvir tanto Hari-Katha, vocês ainda tem grande consideração pelo mundo de tal material e ainda são tão apegados a ele. Este é um sinal de grande desgraça. Quando estamos em má associação, não podemos alcançar a Sri Krsna, então devemos sempre ter em mente que só podemos alcançar o Senhor Hari, quando desistirmos de toda tal associação a favor da associação com os devotos.
Quando a jiva percebe que todos os objetos dos sentidos são estabelecidos em relação a Krsna, então os objetos dos sentidos não podem lhe causar nenhum dano. Este mundo material é um instrumento a serviço do Supremo Mestre. Por outro lado, por considerar qualquer objeto relacionado a Sri Hari a ser feito para própria gratificação de alguém intensifica muito o apego por objetos materiais da jiva e leva-a a permanecer no ciclo contínuo de nascimentos e mortes (samsara).
Pergunta 5: É tudo a misericórdia do Senhor?
Resposta: Todas as coisas são realmente a misericórdia da suprema personificação da misericórdia. Sri Gaurasundara nos mantém em diferentes tipos de desconforto e entre pessoas diferentes para testar-nos de várias maneiras. Ter sucesso em todos esses testes, sera a causa de nossa boa fortuna
Sri Gaurahari, como a Superalma , misericordiosamente revela a verdade eterna para as pessoas honestas e sinceras (niskapata). Fé nas palavras enganadoras de alguém que atravessa o caminho errado nunca surge para aqueles que têm sincera e honestamente tomado refúgio dos pés de lótus de Sri Guru e Sri Hari. Apenas as Jivas desafortunadas se confundem ao ouvir palavras enganadoras. Os pés de lótus de Sriman Mahaprabhu são o único abrigo.
Devemos sempre ler Sri Caitanya-caritamrta e ouvir o comentário de um Vaisnava que sabe seu verdadeiro significado. Devemos sempre cantar os santos nomes do Senhor, sem ofensa, e permanecer longe da associação de não-devotos. E também devemos ler continuamente Prarthana, Saranagati e assim por diante.
Isto apenas será benéfico e auspicioso para nós. Sri Gaurahari derramara Sua misericórdia sobre nós quando nos ocupamos em cantar os santos nomes na associação de seus devotos.

Traduzido por os raios da equipe Harmonist
de Srila Prabhupādera Upadesamrta
Perguntas re-numerado para esta apresentação on-line

_______________
Śrīla Prabhupādera Upadesamrta é uma compilação de instruções de Srila Bhaktivinoda Thakura Prabhupada Sarasvati em forma de perguntas e respostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário