quinta-feira, 9 de junho de 2011

Os Mudras no Bharathanatyam (Gestos com as mãos)

No Bharathanatyam, observa-se que todas as partes do corpo são utilizadas de forma bastante categórica de modo a obter a correta expressão e atingir a audiência.
Aos gestos feitos com as mãos dá-se o nome de Mudras e eles podem ser executados com uma ou duas mãos, sendo que todos possuem um nome e sentidos próprios.
Em nossas vidas, usamos as mãos a todo instante para nos comunicar, porém nem sempre prestamos atenção nos movimentos que fazemos com o corpo. Uma boa forma de despertar a consciência para os diferentes significados que podemos dar às nossas mãos é tirar alguns instantes e pensar qual gesto você faria para representar as seguintes situações:

. para chamar uma pessoa
. para mostrar o que você está comendo
. para apontar um objeto

Gestos com as mãos denotam ações simbólicas através das quais um pensamento, um sentiment ou intenção podem ser expressos. No Bharathanatyam, os Mudras são também denominados como Nritta Hasthas (do sânscrito nritta – expressão; hastha – mãos), os quais são divididos em:
  1. Asamyuta Hastha – feito com uma mão e são em número de 28.
  2. Samyuta Hastha – usa-se ambas as mãos e são em número de 23.
Tais significados na dança Indiana não aparecem de forma livre, pois todos eles estão descritos nos textos antigos sobre arte na Índia, sendo muito bem divididos e organizados. Numa próxima ocasião voltarei a falar sobre estes textos.



Cada gesto possui várias aplicações as quais variam de seu sentido original. Por exemplo, o primeiro Asamyuta Hastha chama-se Pataka e tem o sentido original de “bandeira”, mas dependendo do contexto e da forma que é utilizado, pode representar “floresta”, “espelho”, “papel”, “eu”, “você”, “varrer o chão” e assim por diante.


 
Samyuta Hasthas
O texto Natyashastra descreve 28 Samyuta Hasthas, que se encontram numerados e com o respectivo significado a seguir:
  1. Pataka - bandeira








  1. Tripataka - 1/3 da bandeira




3.Ardhapataka - metade da bandeira
  





  1. Kartarimukha - tesouras













5. Mayura - pavão









  1. Ardhachandra - meia-lua





  1. Arala - curva




  1. Shukatunda - bico de papagaio






  1. Mushthi - punho fechado







  1. Shikhara - ponta






  1. Kapitta - fruto


  1. Katakamukha - abertura


13.Suchi - agulha










  1. Chandrakala - lua-crescente











15.Padmakosha – botão de lótus
















16.Sarpashirsha – cabeça de serpente
















  1. Mrigashirsha - cabeça de veado












  1. Simhamukha - cabeça de leão














  1. Kangula - lótus se abrindo



















  1. Alapadma - lótus aberta











  1. Chatura – número quatro













22.Bhramara – abelha















  1. Hamsasye – cabeça de cisne















  1. Hansapaksha – bico de cisne












  1. Sandamsha – abrir e fechar

























  1. Mukula – flor em botão













  1. Tamrachuda – crista de galo














  1. Trishula – tridente






















fonte:http://onlinebharatanatyam.com/

2 comentários: