quarta-feira, 29 de junho de 2011

PUREZA, PACIENCIA, PERSEVERANCA - OS PASSOS PARA A DIVINDADE

Nesta terra sagrada da Índia, a tolerância é nossa maior riqueza;
Entre todas as formas de rituais,
A superior é a observância da verdade e da moralidade;
A índole mais doce entre todas as formas de amor é o amor maternal;
Afastando-se do ideal nacional que prega: “A honra é maior que a própria vida”,
Que lástima as pessoas terem se tornado vítimas de práticas exóticas!
O que posso dizer a respeito da situação da Índia!
Como o elefante que não tem consciência de sua força,
Os indianos tornaram-se submissos atualmente.

Poema


Quando o coração está cheio de compaixão, as mãos dedicadas ao serviço ao próximo e o corpo
engajado em constante auxílio aos outros, a vida se torna sagrada, significativa e nobre.
Todo o Cosmos baseia-se nos alicerces da verdade, prosperidade e bem-estar. Todos os confortos e
prazeres dependem da verdade. Para onde quer que vocês se voltem, a verdade brilha radiantemente.
A deusa da riqueza, Lakshmi, reside na morada da verdade. O mundo não pode existir sem verdade,
assim como os raios não podem existir sem o sol. A verdade é o Cosmos e o Cosmos é a verdade.
Todo o Cosmos é permeado pelo Divino. É tolice imaginar que o que é natural, físico e mundano é irreal,
havendo algo de diferente que o sustenta.
O Cosmos é Vishnu (a Divindade que tudo permeia) e Vishnu é o Cosmos. O Cosmos é uma
manifestação do Divino.
Ao considerar este Universo composto dos cinco elementos básicos como uma manifestação divina, os
antigos sábios iniciaram sua investigação espiritual e compreenderam a verdade.
Este profundo e eterno conhecimento foi esquecido pelo homem e o mundo tornou-se vítima de todos os
tipos de problemas e dificuldades.

Sathya Sai Baba

Nenhum comentário:

Postar um comentário