quarta-feira, 29 de junho de 2011

UMA FLOR A SEUS PES

Eu já lhes falei freqüentemente tempos atrás, a respeito dos ideais e técnicas do serviço desinteressado,
e mais uma vez, Eu lhes convido a experimentar tal felicidade inerente. Eu não preciso Me alongar
novamente sobre a natureza especial da oportunidade que é oferecida a vocês aqui e agora. Entreguem
seus corações repletos de deleite e compartilhem esta alegria com os outros; adorem a Deus nesta
forma prazerosa. Quando vocês adquirirem as qualificações necessárias ao serviço, saberão que um
coração puro, intocado pelo egocentrismo, inveja, ódio, egoísmo ou competição, é essencial; da mesma
forma que a fé em Deus, como a fonte da vitalidade, da virtude e da justiça. O serviço desinteressado é
uma forma de adoração que vocês oferecem ao Deus presente no coração de cada pessoa. Não
perguntem aos outros, a que estado pertencem, ou qual casta ou crença professam. Vejam sua forma
favorita de Deus nas outras pessoas e, pensando melhor, elas nem mesmos são “as outras”. Elas são a
imagem d’Ele, tanto quanto vocês o são. Vocês não estão ajudando a um indivíduo qualquer, vocês
estão adorando a Mim, neles. Eu estou diante de vocês nesta forma; então, que espaço há para que o
ego de vocês se exalte?
Deus é dever; o trabalho é adoração. Até o mais pequenino trabalho é uma flor colocada aos pés de
Deus. Aproximem-se dos peregrinos que aqui vieram para o festival, com o coração tomado pelo tesouro
do Amor.

Sathya Sai Baba

Nenhum comentário:

Postar um comentário